Como se processa a decomposição de um corpo.

A rapidez com que um corpo se decompõe depende de muitos fatores, incluindo a temperatura e a humidade. A decomposição é mais acelerada em climas mais quentes e mais lenta em climas mais frios. O corpo humano começa o seu processo de decomposição aproximadamente 15 minutos após todas as funções vitais, tais como a respiração e os batimentos cardíacos, terminarem.

Durante uma primeira fase da decomposição, as enzimas começam a consumir as células do corpo de dentro para fora. Posteriormente, o revestimento protetor do nosso intestino decompõe-se libertando as bactérias que se começam a alimentar e a consumir o nosso corpo internamente, produzindo gases, como um produto residual, que provoca o inchaço no corpo. Quando o inchaço atinge o máximo, o corpo rompe-se e os fluidos escoam para fora, tendo estes fluidos um cheiro extremamente desagradável.

Um corpo humano em decomposição liberta cerca de 30 compostos químicos diferentes. Os gases e compostos produzidos num corpo em decomposição emitem odores distintos. Embora nem todos os compostos produzam odores, vários compostos têm odores reconhecíveis, incluindo:

  • Putrescina e a Cadaverina, que cheiram a carne em putrefação;
  • Escatol, tem um forte odor a fezes;
  • O Indol, tem a naftalina;
  • Sulfureto de hidrogénio, que cheira a ovos podres.

São odores bastante desagradáveis e muito poderosos e que geralmente incomodam mesmo até aqueles que estão habituados, pois nem todos, incluindo os agentes de autoridade, bombeiros e médicos legistas, conseguem lidar facilmente com eles.

Este cheiro, bem como os fluidos corporais provenientes da decomposição do corpo, irão penetrar em todas as superfícies e em todos os materiais, tais como na madeira, têxteis, paredes, mosaicos e em todos os outros diversos materiais porosos. Dependendo das condições meteorológicas, tamanho da habitação, número de materiais porosos e a quantidade de tempo que o corpo estava em decomposição no local, poderá levar várias semanas para neutralizar o odor totalmente. Todos os artigos e materiais contaminados devem ser removidos ou então o mau e intenso odor permanecerá no espaço por um período indefinido.

Apenas empresas como a DEATHCLEAN possuem a capacidade técnica e os produtos e equipamentos específicos para conseguirem eliminar com sucesso todo o mau odor presente no local. É possível eliminar todo o mau odor oriundo da decomposição biológica de um corpo, mas só com recurso a empresas especializadas e com a devida formação.

Empresas de limpezas domésticas, industriais, controlo de pragas (desinfestação), entre outras não especializadas, não possuem os conhecimentos necessários para garantir o sucesso da limpeza, como tal, não vão conseguir eliminar toda a contaminação e nem efetuar a remoção total do mau odor proveniente da decomposição de um corpo humano ou até de um animal.

Por muito que outras empresas ou indivíduos possam indicar que o odor nauseabundo presente no local, originado pela decomposição, não é possível o remover na sua totalidade, tal é falso e apenas outros o indicam pois não são conhecedores das técnicas necessárias para a eliminação desse mau odor.

Estão presentes diversos fluidos corporais, bem como outros vestígios da decomposição do corpo humano, no local onde ocorreu a morte, sendo considerados perigosos e com risco biológico associado, o que obriga a uma intervenção de limpeza executada por uma empresa certificada e especializada como a DEATHCLEAN, a única com formação em Portugal.

Lembre-se sempre que ver cenas de morte, locais de crime e de trauma, pode ser um evento traumático que altera a sua vida para sempre. Nunca mais se vai esquecer do que visualizou ou até mesmo do intenso odor presente em tais cenários que sentiu. Deixe esse trabalho para profissionais como a DEATHCLEAN.

Não coloque a sua saúde em risco! Proteja-se, seja responsável e não tente limpar locais contaminados.

Saiba mais em: DEATHCLEAN
Consulte os nossos anteriores artigos: Artigos DEATHCLEAN Blog

** Este artigo foi elaborado tendo como base a pesquisa em vários documentos técnicos e científicos. Não somos responsáveis por qualquer tipo de incongruência, sendo que existem diversas informações sobre este tema que podem divergir em alguns pontos aqui descritos.

PALAVRAS-CHAVE: Decomposição; Morte; Doenças; Limpeza; Desinfeção; Deathclean; Descontaminação; Odor; Risco biológico; Cheiro; Microrganismos; Sangue; Fluidos corporais